História do CT

 

História do CT: 

 

A equipe foi fundada na metade de 2011 pelo Mestre Bruno Gouvea, após ter enfrentado um problema com a equipe da academia Hikari. No momento, abatido, Bruno foi embora para o interior, onde se refugiou, até o momento em que os irmãos Patricky e Patrício Pitbull que passavam uma temporada de lutas no evento Belattor (segundo maior evento de artes marciais mistas do mundo, localizado nos Estados unidos) souberam do ocorrido e vieram resgatar o amigo. Bruno chegou a Natal, e foi convidado para trabalhar na academia Kioto, conduzindo os treinos.

 

Até então, a marca Pitbull Brothers não existia. Os irmãos eram chamados de “Pitbull Brothers” desde a época que lutavam no Bellator, pelo modo como se portavam dentro do octógono, deferindo golpes com bastante agressividade. Depois de alguns meses dando aula na academia Kioto, os irmãos Pitbull precisaram viajar para o Rio de Janeiro, onde se preparariam para uma nova temporada de lutas. Bruno permaneceu em Natal, dando sequência aos treinos. Passado certo tempo, começaram à surgir alguns problemas devido à constante mudança de horários dos treinamentos e um certo desinteresse dos alunos com os treinos por ele realizados. 

 

Segundo Bruno, os treinamentos não estavam sendo tão levados a sério na Kioto. Tendo em vista que o responsável pela formação marcial dos irmãos Pitbull, Alexandre Bosco, tinha deixado de dar aula à uns anos na academia Kioto, eles não encontraram mais justificativa para representar aquela bandeira. Eles perceberam que a Kioto, que outrora os formou, não era mais a mesma. Quando ainda estavam no Rio, os irmãos Pitbull receberam a ligação do Bruno Gouveia, informando-os que alugaria uma sala pequena, num espaço dentro de uma academia de um amigo, Mário Novaes, hoje preparador físico e também treinador dos irmãos Pitbull, para ali, dar sequência aos treinamentos antes dirigidos na academia Kioto.

 

Ao final da ligação, Bruno os informou que o novo espaço de treino não teria o nome “Kioto” mas sim, “Pitbull Brothers”, em homenagem à eles. 99% dos alunos que treinavam com Bruno na Kioto, acompanharam o mestre, e também se transferiram para o novo ambiente. À partir daí, surgiu o nome da academia de artes maciais, Pitbull A academia começou pequena, em uma sala com estrutura precária, com pedaços de tatames antigos, sem estrutura alguma, mas com o principal: força de vontade e vontade de trabalhar, somadas a força de muitos amigos, que já treinavam há muito tempo juntos. 

 

Os irmãos Pitbull seguiram ganhando suas lutas e faturando títulos, até o dia em que perceberam que não daria mais para morar no RJ. Nessas idas e vindas, num momento de ajustes, recebem a notícia do falecimento do mestre Bruno Gouveia, em Abril de 2012. Os irmãos decidem então voltar de vez para sua terra Natal, e ali montar uma estrutura suficientemente boa para receber os amigos lutadores de renome como Rony Jason, Fábio Maldonado e Gasparzinho, que se encontravam na mesma situação de desconforto no Rio, e reunir todos em uma academia, com a qualidade suficiente para prepará-los para a disputa de qualquer título de artes marciais mistas (MMA), inclusive mundial.